Our bodies are given life from the midst of nothingness. Existing where there is nothing is the meaning of the phrase, "form is emptiness." That all things are provided for by nothingness is the meaning of the phrase, "Emptiness is form." One should not think that these are two separate things.
Qui Mariam absolvisti
Press F11 for full screen mode
1.0.1: take me home

eu versão 1.01

__________________________________________________________________________________________________________________
http://snowce.tumblr.com http://inscriesblogspot.com http://comicartappreciation.tumblr.com http://grantbridgestreet.tumblr.com http://satangelica.tumblr.com http://blogue-job.blogspot.com http://artic-bar.blogspot.com http://corpestranhoblogspot.com http://escreve-com-sentimentos.blogspot.com http://.cante.chaoblogspot.com http://habitoescarlate.blogspot.com http://lysavetablogspot.com http://aidamonteiro.blogspot.com http://gotikkablogspot.com http://witch-contemplativa.blogspot.com/ http://pornoagrafia.blogspot.com http://terrasdegoreblogspot.com/ http://espaco-da-mariablogspot.com/ http://gothland666.blogspot.com/ http://vertigens1.blogspot.com/ http://pas-s-agesspot.com/ http://comaluzacesaspot.com/ http://aantecamaradaloucuraspot.com/ http://inconfidenciasdamariazinhaspot.com/ http://casadeosso.blogspot.com/ http://un-dress.blogspot.com/ http://anaabrunhosa.blogspot.com/ http://tradital.blogspot.com http://ponyxpress.wordpress.com/ http://dirty--vegas.blogspot.com/ http://sexosemnexopt.blogspot.com/ http://voosdeumanjonegro.blogspot.com/ http://sapatodecristal.blogspot.com/ http://veludosangue.blogspot.com/ http://ask-im.blogspot.com/ http://le-droit-d-aimer.blogspot.com http://voyeurdeblogs.blogspot.com/ http://elaelaela.blogspot.com/ http://mulholland-drive.blog-city.com/ http://polegarverde.blogspot.com/ http://umvoodeseda.blogspot.com/ http://bookofsorrow.blogspot.com/ http://artital.blogspot.com/ http://mariavaicomasostras.blogspot.com/ http://musgu.blogspot.com/ http://anapaulasenabelo.blogspot.com/ http://funfurde.blogspot.com/ http://pinknotdead.blox.pl/html http://choosearoyal.blogspot.com/ http://coisasqvoam.blogspot.com/ http://souputaegosto.blogspot.com/ www.myspace.com/backstageslutz http://www.aperfectcircle.com/ http://www.controverscial.com/Invocation http://www.pussycalor.com
__________________________________________________________________________________________________________________

20060816

take me home

.




take me home, you silly girl, put your arms around me.take me home you silly girl, all the world's not round without you. I'm so sorry that I broke your heart, please don't leave my side. take me home you silly girl, cause I'm still in love with
yooooooooo

u.


16 Comments:

Blogger Woman said...

Tom Waits, um homem das artes. Música, teatro, cinema...
Porquê que pede para voltar depois de lhe partir o coração?

Beijo

Thursday, August 17, 2006 12:49:00 am  
Blogger 0.0 said...

como asim?

(viste o filme "One from the hearth" do Coppola, em que esta música faz parte da banda sonora?)

Friday, August 18, 2006 5:29:00 am  
Blogger Woman said...

Não, não vi. Mas segundo dizem é um fracasso de filme e nunca tive curiosidade. Porquê, recomendas?

A minha pergunta nada tem a ver com ele (Tom Waits) em questão. Só o fiz porque tenho na minha convicção que um Homem que fereuma Mulher, nunca mais devia ter coragem de lhe pedir seja o que for...

Friday, August 18, 2006 8:56:00 pm  
Blogger Aestranha said...

E se lhe pedir perdão?

Já agora, nem sequer me parece possível que na relação entre duas pessoas, amorosa ou não, as coisas se passem de maneira tão perfeita que não chegue o dia em que se pede desculpa por ter magoado o outro ou em que se é magoado e se fica à espera desse pedido de desculpas...

Friday, August 18, 2006 9:39:00 pm  
Blogger 0.0 said...

apenas um fracasso de bilheteiras, por comparação ao custo exorbitante do filme.
Mas um grande filme, e uma das melhores bandas sonoras de sempre. e uma das primeiras pararições da Nastassja Kinski Kinski. Um bicho selvagem.

recomendo vivamente, sim.

mais sobre o perdão, corações esquartejados e outras andanças mais logo.

Saturday, August 19, 2006 5:58:00 am  
Blogger Woman said...

Corações esquartejados, jamais se recuperam...

Sunday, August 20, 2006 6:16:00 pm  
Blogger Bad said...

"I'm so sorry that I broke your heart, please don't leave my side."

como é que se pede desculpa, depois de repetirmos o mm erro, vezes sem conta?

Monday, August 21, 2006 4:44:00 pm  
Blogger 0.0 said...

Eu acho que toda a gente tem o direito de se arrepender do que faz.
Mas não tem o direito de exigir que os outros perdoem, e todos tem o direito de não perdoar se quiserem.

Falo de um sentimento; de uma "coisa" que está dentro da alma.

Dor por ter causado dor.
Por cima da dor e de ter perdido alguém e do medo de ficar sem essa pessoa, que são egoistas, pode existir uma segunda dor
a de ter feito mal e estar a partir o coração a alguém de quem se gosta e a quem se quer bem.

Pode tornar-se insuportável, uma dor por cima da outra.
A única opção é entre pedir perdão, deixar-se morrer devagar, ou fingir que estas "coisas" dentro da alma não existem e arranjar estratégias de fuga para a frente.

Mas uma vez que começamos a olhar para as coisas que estão dentro da alma....

como dizia Nitschze "quando olhas muito tempo para o abismo, ele olha de volta para ti"

Mas como diz Nick Cave:

"You leapt into the abyss, but find
It only goes up to your knees"

e diz também

"I put one hand on your round ripe heart
And the other down your panties".

:)

Monday, August 21, 2006 11:14:00 pm  
Blogger Woman said...

Diria que me irritas um pouco, não por te pareceres com um ex meu, mas porque te regalas com uma suavidade de sentimentos, camuflada por uma dureza falsa. Gosto de ti...
Na verdade fazes lembrar-me alguém...

Um beijo

Tuesday, August 22, 2006 2:33:00 am  
Blogger 0.0 said...

Faço lembrar quem?
SIm, apanhaste-me...é isso mesmo.

Quando sou surpreendido e fico inseguro do que devo fazer, dizer, pensar, ponho uma "falsa dureza", que não deixa de ser dureza.
Ponho-me com ares professorais e graves. Mas no fundo estou a tactear o escuro, da minha alma e a dos outros, em busca de algum caminho.

Este post foi um mergulho no escuro, e causou-me alguns dissabores...

Tocou num ponto frágil, em feridas...

As feridas estão lá. E curar, desinfectar, arde para caralho

Tuesday, August 22, 2006 3:16:00 pm  
Blogger 0.0 said...

Ha, e obrigado pela tua sinceridade!

É por aí o caminho, a saída.
A entrada, de volta a casa. Home.

"rover wanderer
nomad vagabond
call me what you will
but I'll take my time anywhere
free to speak my mind anywhere
and I'll redefine anywhere
anywhere I may roam
where I lay my head is home
...and the earth becomes my throne
I adapt to the unknown
under wandering stars I've grown"

"Wherever I May Roam" (Metallica)

Tuesday, August 22, 2006 3:48:00 pm  
Blogger Woman said...

"...and the road becomes my bride
I have stripped of all but pride
So in her I do confide
And she keeps me satisfied
Gives me all I need"

Belíssima escolha meu caro.

Deixa-me dizer-te que cada vez mais vejo em ti alguém que entrou na minha vida. Um Homem fascinante, prometido para meu amante mas não cumprido...

Dói porque é uma dor em cima de outra? Porque caíste nessa armadilha?

Tuesday, August 22, 2006 9:25:00 pm  
Blogger 0.0 said...

Não é uma armadilha, é uma coisa que acontece, é quando as pessoas se sentem arrependidas do que fazem aos outros e sentem necessidade de pedir perdão.

A armadilha é querer fugir a esse sentimento
:)

Não cumprido porquê???

Tuesday, August 22, 2006 9:42:00 pm  
Blogger Woman said...

Prometeu trazer a lua para o meu quarto e deitar-se do meu lado. Mas só prometeu...

Tuesday, August 22, 2006 10:02:00 pm  
Blogger Woman said...

Pediste perdão?

Tuesday, August 22, 2006 10:03:00 pm  
Blogger 0.0 said...

se pedi perdão?
claro, várias vezes quando estava mesmo arrependido.

Mas nem sempre fui perdoado, claro.

Houve uma vez que até disse qualquer coisa como "aceito que nunca mais me queiras ver, mas mesmo assim, e mesmo que nunca mo digas, mesmo que nunca mais me queiras ver para não te magoares mais, mesmo que eu nunca venha a saber,
perdoa-me"

Thursday, August 24, 2006 10:39:00 pm  

Post a Comment

<< Home