Our bodies are given life from the midst of nothingness. Existing where there is nothing is the meaning of the phrase, "form is emptiness." That all things are provided for by nothingness is the meaning of the phrase, "Emptiness is form." One should not think that these are two separate things.
Qui Mariam absolvisti
Press F11 for full screen mode
1.0.1: A Presença [0.04]

eu versão 1.01

__________________________________________________________________________________________________________________
http://snowce.tumblr.com http://inscriesblogspot.com http://comicartappreciation.tumblr.com http://grantbridgestreet.tumblr.com http://satangelica.tumblr.com http://blogue-job.blogspot.com http://artic-bar.blogspot.com http://corpestranhoblogspot.com http://escreve-com-sentimentos.blogspot.com http://.cante.chaoblogspot.com http://habitoescarlate.blogspot.com http://lysavetablogspot.com http://aidamonteiro.blogspot.com http://gotikkablogspot.com http://witch-contemplativa.blogspot.com/ http://pornoagrafia.blogspot.com http://terrasdegoreblogspot.com/ http://espaco-da-mariablogspot.com/ http://gothland666.blogspot.com/ http://vertigens1.blogspot.com/ http://pas-s-agesspot.com/ http://comaluzacesaspot.com/ http://aantecamaradaloucuraspot.com/ http://inconfidenciasdamariazinhaspot.com/ http://casadeosso.blogspot.com/ http://un-dress.blogspot.com/ http://anaabrunhosa.blogspot.com/ http://tradital.blogspot.com http://ponyxpress.wordpress.com/ http://dirty--vegas.blogspot.com/ http://sexosemnexopt.blogspot.com/ http://voosdeumanjonegro.blogspot.com/ http://sapatodecristal.blogspot.com/ http://veludosangue.blogspot.com/ http://ask-im.blogspot.com/ http://le-droit-d-aimer.blogspot.com http://voyeurdeblogs.blogspot.com/ http://elaelaela.blogspot.com/ http://mulholland-drive.blog-city.com/ http://polegarverde.blogspot.com/ http://umvoodeseda.blogspot.com/ http://bookofsorrow.blogspot.com/ http://artital.blogspot.com/ http://mariavaicomasostras.blogspot.com/ http://musgu.blogspot.com/ http://anapaulasenabelo.blogspot.com/ http://funfurde.blogspot.com/ http://pinknotdead.blox.pl/html http://choosearoyal.blogspot.com/ http://coisasqvoam.blogspot.com/ http://souputaegosto.blogspot.com/ www.myspace.com/backstageslutz http://www.aperfectcircle.com/ http://www.controverscial.com/Invocation http://www.pussycalor.com
__________________________________________________________________________________________________________________

20071106

A Presença [0.04]

.
O que fazes por estas paragens outra vez 0.0?
Estava me a sentir sozinho e a morrer depressa, resolvi vir visitar-te mais uma vez.
Sabes que não sou boa companhia
Não estou em busca de boa companhia.

























3.
Se conseguissemos continuar, talvez chegássemos aos arrabaldes da Força.
Não é a negra nem a branca, não o lado Escuro nem o lado Luminoso da força,

mas a força em si-mesma.


talvez os nossos pêlos da nuca se eriçem
ao suspeitarem da presença,
no momento em que a nossa epiderme pressentir o Bafo.
















O seu frio aquece e queima, o seu calor refresca como gelo, cheira a decomposição que é fermentação de perfumes, cheira tanto a catedral quanto a suor de sexo, o seu ronronar é um tremor de terra, o seu suspiro uma onda de choque silenciosa ensurdecedora, a sua negritude é ofuscante e o seu brilhar intenso invisivel e transparente. É bem possível que ela nos destrua, mais fácilmente do que nós esmagamos um mosquito, que ela nos destrua com uma leve brisa, sem querer. É bem possível. Mas foi ela que nos criou com uma leve brisa. Somos e não somos essa Coisa. Está na altura de dormir descansado ao lado da Coisa.


















2.

Se encontrarmos alguma criatura com forma definida aqui, será talvez o pai do diabo, o avô dos demónios. Não reparará em nós nem mais nem menos do que se fossemos relva, escaravelhos, bandos de pássaros, manadas de búfalos, florestas inteiras, ou cardumes de baleias.





poderia incorporar-se em nós, tal como em qualquer animal ou ser vivo, tal como poderia incorporar um bosque inteiro,

para experimentar dançar e tocar música num corpo, e sentíriamos isso como euforia ou extâse,

ou como
pânico, uma
espécie de pânico especial..
.

Não estará a pregar partidas
nem a exercer qualquer lição ou justiça, estará apenas a tocar flauta, de pan.
Diverte-se a mover as galáxias com a sua música, o seu sopro.

Ou as galáxias divertem-se e excitam-se a dançar ao som da sua música.
Quem diz as galáxias diz toda a matéria e energia que reage segundo as leis da atracção gravitacional, atómos, moléculas...são todos estes pequenos elementos também eles galáxias , e as galáxias são elementos de outros corpos maiores, tudo dança, corpos maiores dançam no vácuo a uma velocidade estonteante, corpos menores dançam nos planetas, nos corpos dos quais fazem parte.
A sua música poderia ser vista como movimento nas curvas de gravidade no tempo e no espaço.

Faz os homens e as mulheres também, e os deuses, e os demónios dançar, dançar, até ao êxtase, vibrar o corpo até à exaustão,

pode matar e enlouquecer algumas formas em que incorpora apenas pelo facto de a forma não resistir à vibração do conteúdo, um cálise de cristal que se quebra com um líquido demasiado quente, uma falésia que se abre ao meio por uma demasiado brusca mudança de temperatura.

tem muitos nomes, desde que a humanidade inventou os nomes esta criatura tem nomes.
Lord of Beasts, Greenman, cernunnos, o deus cornudo. Mas o seu nome mais simples poderia ser Pan.






Panpsychism is a philosophical theory which holds that everything in the universe, the inorganic world as well as the organic, has some degree of consciousness.

It is closely related to the theory of hylozoism, which teaches that all matter is endowed with life.
The Renaissance witnessed a revival of the ancient hylozoism. The Italian philosophers of nature and the alchemists speculated about the spirits that were present in all things and the "feelings" and "strivings" of the "principles" of nature.




The first article of the eighteenth question in the first part of the "Summa Theologica" of St. Thomas is entitled: "Is every thing in nature alive?" It is a discussion of the theory of hylozoism and tells us also the position of the great scholastic on the question of panpsychism.
There are things which have no spontaneous activity of their own...and these things are lifeless or dead. We may see analogies in them to living things, but they can never be said to live, except we are speaking poetically and by way of metaphor. St. Thomas therefore rejects hylozoism and panpsychism.


The only serious arguments in favor of panpsychism are: the evolutionary one put forward by Clifford, and the metaphysical reasoning of Prof. Strong. But until there is evidence to show that the chemical elements manifest some kind of mental process, we have no right to say that they do, no matter how much it would aid any theory of evolution, or how easy it might make our metaphysical explanation of the relation between body and mind.























1.

E só um pouco depois disso, mais à frente, vamos poder ouvir as fontes a jorrar para os riachos com mais força

com mais daquela sua pequena violência.
..






Reparamos que as fontes, muito mais numerosas do que é habitual, deitam água como se respirassem, em golfadas pausadas
.
E
depois, pelo cheiro que emana e o pelo som que fazem as fontes, acabamos por perceber que não pode ser água que jorra delas.
Cheira enebriantemente a ferro,
e a proteínas, e o líquido tem de ser mais espesso do que àgua, como o sangue, mas não é
sangue, é menos viscoso, como vinho doce, porto ou madeira.
É um vinho que cheira a sangue. Mas o seu som a correr no riacho é um som métalico, como aço,
é sem dúvida uma espécie de metal líquido, como o mercúrio,
um líquido metálico que não oxida.











Damo-nos conta de que as fontes que ouvimos por todo o lado mas não conseguimos ver, não jorram líquido, elas respiram,

e o que elas expiram não é própriamente um líquido, é um hálito,
um hálito que é um hálito líquefeito, que é qualquer matéria que está entre a água mais pura, o vinho mais maduro, o sangue mais fresco, o metal mais inoxidável.









Physicists have created the state of matter thought to have filled the Universe just a few microseconds after the big bang and found it to be different from what they were expecting. Instead of a gas, it is more like a liquid. Understanding why it is a liquid should take physicists a step closer to explaining the earliest moments of our Universe.

Paths of new particles produced when two gold nuclei collide in the RHIC particle accelerator

Not just any old liquid, either. Its collective movement is rather like the way a school of fish swims ‘as one’ and is a sign that the fluid possesses an extremely low viscosity, making it what physicists call a perfect fluid. In fact, tentative calculations suggest its extraordinarily low viscosity makes it the most perfect fluid ever created.

Paths of new particles produced when two gold nuclei collide in the RHIC particle accelerator

http://www.epsrc.ac.uk/PressReleases/PhysicistsCreateAPerfectWayToStudyTheBigBang.htm


6 Comments:

Blogger catarina said...

deixar a lógica e a razão e viajar para os braços da inconsciência...
e não estarás a verbalizar (com as tais palavras desnecessárias...) o que já fazemos com tanta frequência?

:)

Thursday, November 08, 2007 11:21:00 pm  
Blogger catarina said...

This comment has been removed by the author.

Thursday, November 08, 2007 11:21:00 pm  
Blogger NARNIA said...

Olá zerinhos lindo.

Este post poderia ter sido escrito por Tarantino.

Beijinho Verde

Friday, November 09, 2007 11:39:00 pm  
Blogger 0.03 said...

Catarina:
como bem vês as palavras desnecessárias de que falas já desapareceram. Não terá sido desnecessário falar sobre palavras desnecessárias que diziam que as palavras eram desnecessárias :)

Circulos sobre círculos. Beijo e dorme bem

Narnia: linda. Obrigado. :) beijo dantesco!

Wednesday, November 14, 2007 6:56:00 am  
Blogger [A] said...

(um dia ainda descubro que és um padre católico...)

Thursday, November 29, 2007 9:38:00 pm  
Blogger 0.03 said...

tinha piada não tinha...?
sobreo se tu fosses uma freira protestante, isso é que era :)

Tenho a mania de andar peloss espaços sacro, isso tenho.

E tu tens cá 1 jeitinho para a provocação
pro-vocação
rs rs rs

deves ser tramada de aturar...

rs rs rs

Friday, November 30, 2007 2:29:00 am  

Post a Comment

<< Home