Our bodies are given life from the midst of nothingness. Existing where there is nothing is the meaning of the phrase, "form is emptiness." That all things are provided for by nothingness is the meaning of the phrase, "Emptiness is form." One should not think that these are two separate things.
Qui Mariam absolvisti
Press F11 for full screen mode
1.0.1: equinox re-edit para a "lua sangrenta" (blood moon or hunter's moon)

eu versão 1.01

__________________________________________________________________________________________________________________
http://snowce.tumblr.com http://inscriesblogspot.com http://comicartappreciation.tumblr.com http://grantbridgestreet.tumblr.com http://satangelica.tumblr.com http://blogue-job.blogspot.com http://artic-bar.blogspot.com http://corpestranhoblogspot.com http://escreve-com-sentimentos.blogspot.com http://.cante.chaoblogspot.com http://habitoescarlate.blogspot.com http://lysavetablogspot.com http://aidamonteiro.blogspot.com http://gotikkablogspot.com http://witch-contemplativa.blogspot.com/ http://pornoagrafia.blogspot.com http://terrasdegoreblogspot.com/ http://espaco-da-mariablogspot.com/ http://gothland666.blogspot.com/ http://vertigens1.blogspot.com/ http://pas-s-agesspot.com/ http://comaluzacesaspot.com/ http://aantecamaradaloucuraspot.com/ http://inconfidenciasdamariazinhaspot.com/ http://casadeosso.blogspot.com/ http://un-dress.blogspot.com/ http://anaabrunhosa.blogspot.com/ http://tradital.blogspot.com http://ponyxpress.wordpress.com/ http://dirty--vegas.blogspot.com/ http://sexosemnexopt.blogspot.com/ http://voosdeumanjonegro.blogspot.com/ http://sapatodecristal.blogspot.com/ http://veludosangue.blogspot.com/ http://ask-im.blogspot.com/ http://le-droit-d-aimer.blogspot.com http://voyeurdeblogs.blogspot.com/ http://elaelaela.blogspot.com/ http://mulholland-drive.blog-city.com/ http://polegarverde.blogspot.com/ http://umvoodeseda.blogspot.com/ http://bookofsorrow.blogspot.com/ http://artital.blogspot.com/ http://mariavaicomasostras.blogspot.com/ http://musgu.blogspot.com/ http://anapaulasenabelo.blogspot.com/ http://funfurde.blogspot.com/ http://pinknotdead.blox.pl/html http://choosearoyal.blogspot.com/ http://coisasqvoam.blogspot.com/ http://souputaegosto.blogspot.com/ www.myspace.com/backstageslutz http://www.aperfectcircle.com/ http://www.controverscial.com/Invocation http://www.pussycalor.com
__________________________________________________________________________________________________________________

20071030

equinox re-edit para a "lua sangrenta" (blood moon or hunter's moon)





everywhere I look I see pain. And I can't escape the feeling,









...para aí quatro ou cinco coisas que conheço com que se pode tentar afogar a dor (como uma ninhada de gatos): raiva/ódio, loucura, mania, e desapego. Que eu tenha percebido, todas elas implicam o uso habitual de mentiras a sí próprio e aos outros, e requerem o embotamento da inteligência, da sensibilidade e a substituição da criatividade por rotinas rígidas de acção e pensamento. Há para aí uma ou duas maneiras que eu conheça, que jogam com a mentira e a verdade, com que se pode espremer a dor e tirar-lhe algum suco bebível: a arte, a contemplação e o uso da imaginação e da intuição, e outras explorações da alma. Mas se forem usadas em excesso e sem limite podem causar alguma vertigem, perda do sentido ilusório de identidade e controle, e quando se tenta que esses sintomas secundários não ocorram, estas formas de espremer a dor tem o perigo de se tornar em religiões ou ideologias ou ismos, estilos, ortopedias discursivas, ou seja tornarem-se estúpidas no sentido intelectual do termo e servir para manipular os outros através do poder e da linguagem do poder . E que eu saiba só há uma maneira de transformar a dor em qualquer coisa verdadeiramente verdadeira, comestivelmente deliciosa, nutritiva e construtiva: O apego aos outros e de entre as suas multiplas formas a mais intensa: o amor. O espinho é que o apego aos outros requer o labor incessante, da atenção, do pensamento, sensibilidade, dedicação, sacríficio e muita paciência. Mas esta lista de cozinhados para transformar a dor, o apego, o amor, a entrega, o sacríficio, joga o jogo da corda e do abismo sem rede, pode tornar-nos vítimas e carrascos, quando a brincadeira da presa do amor e do gentil caçador transforma por feitiços da lua de sangue Acteon em gamo e Diana na senhora dos cães, o gato em hiena e o coelho em lebre, e traz mais, muito mais, dor, algum medo, muito mais medo (e assim acaba por chamar de novo as anteriores maneiras de tentar afogar e espremer a dor...)








,Let live me Set my spirit free- Let live me Bless my destiny
Weakness sown, Overgrown, Man is the baby

6 Comments:

Blogger sonho said...

postas assim as "coisas" fica tudo muito aterrador...

será que o pessoal não poderia, apenas por uns momentos, apenas ser e sentir (assim como quem sente...) sem elaborar, sem teorizar?

não seriamos (apenas por esses momentos, claro!) muito mais felizes?

*

Wednesday, October 31, 2007 1:05:00 am  
Blogger 0.03 said...

Sonho, "aterrador" será talvez um adjectivo muito forte,
eu diria de outro modo, talvez inquietante, curioso.
Mas a cada momento essa escolha de que falas se põe à consciência do ser humano.

"There is no mistery to happiness.


Unhappy men [and women] are all alike. Some wound they suffered long ago, some wished denied, some blow to pride, some kindling spark of love put out by scorn - or worse, indifference - cleaves to them, or they to it, and so they live each day within a shroud of yesterdays. The happy man [or woman] does not look back. He doesn't look ahead. He lives in the present.

But there's the rub. The present can never deliver one thing: meaning.

The ways of happiness and meaning are not the same. To find happiness, a man [or a woman] needs only live in the moment; he need only live for the moment.

But if he wants meaning - the meaning of his dreams, his secrets, his life - a man [or a woman]must rehabit his past, however dark, and live for the future, however uncertain.

Thus nature dangles happiness and meaning before us all, insisting only that we choose between them."

in "the interpretation of murder" por Jed Rubenfeld,traduzido em portugues com o titulo "a interpretação do crime"


Aterrador é um adjectivo muito forte para os dilemas morais e existenciais, que se fazem todos de barriga cheia, numa casa burguesa.

Aterrador paraa mim são as experiências com humanos nos campos de concentração,
é o facto de "Jorge" Bush ser presidente dos estados unidos,
por exemplo,
e saber que os detergentes que usamos em casa massacram peixes e causam mutações em algas e bactérias,
por exemplo.

beijo, no stress.

Wednesday, October 31, 2007 4:42:00 am  
Blogger 0.03 said...

http://0ponto0.blogspot.com/2007/03/mean-ing.html

Wednesday, October 31, 2007 4:46:00 am  
Blogger un dress said...

o amor entra no circuito exacto da dor.

pelo menos como é entendido e praticado na nossa cultura: sedução, jogo...



:)


beijO

Thursday, November 01, 2007 4:57:00 am  
Anonymous maria ostra said...

nirvana ou alienação?
:P

Saturday, November 03, 2007 2:51:00 am  
Blogger 0.03 said...

nirvanação e
ariana
:PP

rapunzel rapunzel lança as tuas troças!

Saturday, November 03, 2007 7:47:00 am  

Post a Comment

<< Home