Our bodies are given life from the midst of nothingness. Existing where there is nothing is the meaning of the phrase, "form is emptiness." That all things are provided for by nothingness is the meaning of the phrase, "Emptiness is form." One should not think that these are two separate things.
Qui Mariam absolvisti
Press F11 for full screen mode
1.0.1: Farewell Kempson drive, 85

eu versão 1.01

__________________________________________________________________________________________________________________
http://snowce.tumblr.com http://inscriesblogspot.com http://comicartappreciation.tumblr.com http://grantbridgestreet.tumblr.com http://satangelica.tumblr.com http://blogue-job.blogspot.com http://artic-bar.blogspot.com http://corpestranhoblogspot.com http://escreve-com-sentimentos.blogspot.com http://.cante.chaoblogspot.com http://habitoescarlate.blogspot.com http://lysavetablogspot.com http://aidamonteiro.blogspot.com http://gotikkablogspot.com http://witch-contemplativa.blogspot.com/ http://pornoagrafia.blogspot.com http://terrasdegoreblogspot.com/ http://espaco-da-mariablogspot.com/ http://gothland666.blogspot.com/ http://vertigens1.blogspot.com/ http://pas-s-agesspot.com/ http://comaluzacesaspot.com/ http://aantecamaradaloucuraspot.com/ http://inconfidenciasdamariazinhaspot.com/ http://casadeosso.blogspot.com/ http://un-dress.blogspot.com/ http://anaabrunhosa.blogspot.com/ http://tradital.blogspot.com http://ponyxpress.wordpress.com/ http://dirty--vegas.blogspot.com/ http://sexosemnexopt.blogspot.com/ http://voosdeumanjonegro.blogspot.com/ http://sapatodecristal.blogspot.com/ http://veludosangue.blogspot.com/ http://ask-im.blogspot.com/ http://le-droit-d-aimer.blogspot.com http://voyeurdeblogs.blogspot.com/ http://elaelaela.blogspot.com/ http://mulholland-drive.blog-city.com/ http://polegarverde.blogspot.com/ http://umvoodeseda.blogspot.com/ http://bookofsorrow.blogspot.com/ http://artital.blogspot.com/ http://mariavaicomasostras.blogspot.com/ http://musgu.blogspot.com/ http://anapaulasenabelo.blogspot.com/ http://funfurde.blogspot.com/ http://pinknotdead.blox.pl/html http://choosearoyal.blogspot.com/ http://coisasqvoam.blogspot.com/ http://souputaegosto.blogspot.com/ www.myspace.com/backstageslutz http://www.aperfectcircle.com/ http://www.controverscial.com/Invocation http://www.pussycalor.com
__________________________________________________________________________________________________________________

20070422

Farewell Kempson drive, 85





From 0.01


To:

Paul, 16 (o miúdo com défice de atenção e hiperactividade, perturbação de oposição, que foi retirado aos pais e que não conseguiu ser adoptado por ninguém, ao contrário dos irmãos):

Keep believing in yourself and you can do amazing things. I know you can

Ricky, 17 (o miúdo com dificuldades de aprendizagem que nasceu com hidrocefalia e tem um tubo na cabeça, abandonado pela mãe que odeia de morte e adoptado por um casal de velhotes)

Don’t forget to listen to people, specially the ones who treat you with Love. Good luck!

Shawn (o miúdo que caiu da janela aos 8 anos, rebentou completamente a cabeça ficou semi-paralisado do lado esquerdo, hiper-inteligente e completamente cínico, pai alcoólico e uma mãe linda e corajosa de mais 4)

Good Luck mate! Have a good 1. Don’t forget to do your arm exercises.

Alex, 12, o Pior de todos, e cujo livro de registos começa no dia 6-6-06… (Sindrome de aspberger, défice de atenção e hiperactividade, descontrole dos impulsos sexuais, abandonado pelos pais toxicodependentes, adoptado por uma família que teve uma filha biológica pouco depois e por isso queria desistir da adopção…)

We’ve had some good and bad times together…but we’ve had some really GREAT TIMES! Don’t forget to be good to people and they will be good to you. I like you.

Shadow, idade incerta mas mais velho que novo, encontrado a morrer na estrada com um buraco no focinho, a sociedade protectora disse que se não o adoptassem teria de ser abatido, e o mais provavél era morrer anyway. A ti não te escrevo um postal porque não sabes ler. Dormimos na mesma cama pela ultima vez apesar de estares todo sujo da rua, e vou sentir o teu ronronar no peito em reposta às minha carícias. You’re a great cat.

Miúdos, shadow, espero que se safem.




Costuma-se dizer que o que nasce torto tarde ou nunca se endireita, mas deus escreve direito por linhas tortas e o diabo escreve torto por linhas direitas; eu, a quem não faz sentido nem deus nem o diabo, e não era para nascer, vou antes pelo Lou Reed, “Men of good fortune often make empires to fall, while men of poor beggining often can’t do anything, but me, I just don’t care at all”.

Não digo que não vos tenha rogado pragas e desejado nunca mais voltar, por tanto me moerem a paciência, me chamarem todos os nomes feios que sabiam, por me ignorarem, por me fazerem passar noites e noites fora de casa, a dormir mal quando bebiam sumo a mais antes de deitar e os alarmes das portas passavam a noite a disparar pelas vossa idas a mijar, por me dizerem que me iam esmurrar, esfaquear, cuspir, atirar com vasos e destruir o carro...

Mas nos últimos tempos estavamo-nos a entender cada vez melhor, e colaborávamos e Gozávamos juntos cada vez mais. Tornamo-nos buddies e mais homens e mais humanos todos, recomecei a tocar guitarra por vocês para vocês, aprendi a cozinhar para uma família inteira, aprendi a gostar de vos tratar da roupa, das sandwiches para a escola e os passeios, aprendi a não me esquecer da vossa medicação.

Quanto a ti Alex S., apesar de me teres fodido a cabeça até à exaustão, de quase me ires cegando com o arremesso de um livro à cara, de oscilares entre aquela voz de bebé a pedir um abraço e desculpa, I love you 0.01, e aquela voz de delinquente a ameaçar-me de morte, I hate you 0.01, contigo aprendi a patinar no gelo, a jogar futebol na Play Station, a jogar criquete no relvado, fomos explorar a floresta, andámos atrás de um balão a gás durante horas quando devias estar a chegar a casa dos teus pais adoptivos. Contigo aprendi que a maldade nasce da certeza de que se não presta
e que fica cristalizada quando acaba o medo enorme de que essa certeza seja verdade, e se rende cobardemente à dark side of the force, se entrega submissivamente ao Empire of Dirt, se aceita orgulhosamente a Crown of Shit e se vende a alma à mentira, ao silêncio dos manhosos e à solidão interior...
Contigo aprendi sobre mim…
e aprendi que cuidar de um monstrinho é persistir na dedicação mesmo quando ele nos cospe na cara, nos mente, nos magoa e quer destruir, que é preciso lutar, mesmo físicamente e com risco da vida, para cuidar. Sim Alex, voltar no verão para vos visitar é uma eternidade, mas puto, para ti 5 minutos são uma eternidade...
O mais provavel é ires passar a vida dentro e fora da prisão, se não aprenderes a mentir melhor, a manipular os outros melhor, a ameaçar os outros melhor, e a seduzir os outros melhor, de forma a pô-los a roubar e a quebrar a lei para ti; De qualquer forma puto, eu iria sempre visitar-te e pôr-te à prisão, e continuaria a lutar contigo até à exaustão física e psicológica, até desatares finalmente nesse pranto desesperado de animal ferido e encurralado que antecede a consciência do desamparo e da necessidade de colo, protecção, e que antecede a Confiança e a Entrega.

Espero mesmo que tenho valido a pena para vocês. Porque eu sacrifiquei uma coisa muito importante e magoei a pessoa mais importante da minha vida para passar as férias do Natal e o fim de ano ao pé de vocês como me calhou na rifa dos turnos. Espero que essa pessoa me perdoe um dia, e que possa compreender o porquê e confiar em mim.
Com vocês percebi que em grande parte eu era um de vocês até ter de virar as tripas do avesso para vos cuidar com o meu “o peito como um balde despejado” e a solidão invernal e cronos cornudo como companhia. E percebi também a pachorra arcangélica e a hérculea tarefa que é aturar e amar um bloody bastard. Como diz a Bianca "ninguêim mereci..."



A mim fez diferença e muita putos.
E agora quando for dar as minhas aulas perante um auditório, quando
em vez de lavar o chão que vocês sujaram,
de dobrar a roupa à noite para a terem de manhã ao acordar,
de mudar rodas de bicicleta
de tentar colocar o nylon na bobine da cana de pesca com as mãos a gretar de frio,
em vez de acordar a meio da noite com os alarmes,
em vez de guiar centenas de quilometros num chasso cheio de batatas fritas pelo chão para vos ir buscar,
eu estiver a falar de coisas muito “académicas e estéreis” (1), e a ensinar teorias de carolas mundiais que me apaixonam perdidamente, vou poder contar as vossas histórias, lado a lado com as dos meus sobrinhos e as da minha infância e adolesência, para poder explicar o que é uma pôrra de uma criança a crescer torta e uma pôrra de uma criança a crescer direita, e o que é em verdade escrever torto por
linhas tortas
havia
um pouco de maresia
mas quem vencer esta meta
que diga se é linha reta.
Mas quem vencer esta meta,
Que diga se é linha reta.

Ps: Julia…Julie…Liam…Mike…it was an honor and a privilege to work with you. I have learned so much from you, lots of love.
To the tired but with good will: keep persisting and don’t give up on love,
To the sad and disappointed ones: Enjoy the kids more, Enjoy, step over the yellow line.
To the proud ones with dark souls: the gods and the devils have mercy on you because I will not.
To the indifferent and chronically cynical: just fuck off and die.
To the simply poor in spirit: forget about it and just be happy.
To the desperate and the hopeless: you're my brothers and sisters, don't leave me alone, I have something for you.

Farewell.


Sleep tight; don’t let the Bad-Bugs bite









I am the barren one
and many are her sons.
I am she whose wedding is great,
and I have not taken a husband.
I am the midwife and she who does not bear.
I am the solace of my labor pains.
I am the bride and the bridegroom,
and it is my husband who begot me.
I am the mother of my father
and the sister of my husband
and he is my offspring.
I am the slave of him who prepared me.
I am the ruler of my offspring.







From 0.01
----------------------------------------------
(1) Nota de rodapé: Isto segundo alguns "lusitanos" de "raça superior" extremamente férteis, que pregam a ressurreição do do coração e outras carnes, pelos metais leves e praticam a aprendizagem pelo furto e pilhagem de desperdícios e pela imitação adesiva.

5 Comments:

Blogger B. said...

Vais voltar? weeeeeeeeeeeeeeeeeee :)
parabens!!!!!

quanto á tal pessoa que falas... (que não faço a menor ideia quem é cof) vai perdoar sim... eu sei que vai! Porque as pessoas de coração grande, dignas, integras, e com alguma loucura á mistura... perdoam sempre! Há poucas pessoas assim no mundo! :)

Olha quanto a mim, tenho andado cheia de cenas pra fazer... ando tão cansada que nem imaginas.mal tenho tempo para andar por aqui, e sinceramente também não me apetece muito. Ainda vou ter mais uns diazitos assim, e depois descanso.
Não ando nada noir! lolll eu quero é que o "noir" ande bem longe de mim, pk eu quero é pz e sossego

Até porque está aí o calor á porta, e eu quero é divertir-me, apanhar sol, ficar bronzeadita (pk nunca fico muito) e ficar ainda mais lindaaa lollll

beijo

Sunday, April 22, 2007 2:57:00 pm  
Blogger Maria Ostra said...

Fuck!
A vida, as vezes, aleija...

Sunday, April 22, 2007 3:33:00 pm  
Blogger 0.01 said...

Hum, vai moendo...
beijo

Monday, April 23, 2007 12:31:00 am  
Blogger sonho said...

Este talvez tenha sido o post com maior violência que vi na minha "actividade blogosférica".

Relembrei o olhar que de repente fixei - de um daqueles miúdos que tentou violar a Lídia Franco, há uns anos, e que encontrei num dos Centros Educativos do IRS -, um olhar vazio misturado num rosto doce, que tentava aparentar agradar, de jovem de 15 anos. Ainda hoje sinto o mesmo frio gélido provocado por aquele aparente vazio de sentir daquele olhar.

Valerá a pena continuar a olhar olhares vazios?

Provavelmente esse miudo hoje terá "subido na carreira" e estará num qualquer estabelecimento prisional.

apesar de tudo, julgo que valerá a pena ir conjugando o esforço individual dos profissionais do sector, com o esforço colectivo de tentar eliminar as causas sociais que conduzem a situações particulares dos "bad boys".

Ao meu nível (infinitésimo de ordem superior) tentarei sempre, sempre, continuar a lutar por um mundo melhor, seja qual for o custo individual das minhas opções, mesmo que às vezes sinta que estou a lutar contra uma parede de betão com vários km de espessura...

beijo

(tens email que queiras partilhar?)

Monday, April 23, 2007 12:35:00 pm  
Blogger B. said...

passou-me alguma coisa ao lado?

Tuesday, April 24, 2007 2:23:00 am  

Post a Comment

<< Home